quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Dependência de Deus + perseverança = sucesso

Não simpatizo com o termo “sucesso”, pois além de comum é extremamente pragmatista.

Não tem mais a mesma força que tinha há duas décadas. Não obstante, não posso deixar de falar sobre um conceito de êxito que consta nas Sagradas Escrituras. A Bíblia diz que fama de Josué corria por toda a terra. Mas o fato interessante é que ela testifica o seguinte: "o Senhor era com ele" (Js 6:27).
O Salmo 128 também nos traz o mesmo conceito: a presença de Deus como fonte de êxito nos âmbitos relacional, espiritual e profissional. “Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem. Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa. Eis como será abençoado o homem que teme ao SENHOR!”
Temos que tatuar na mente que Deus nos chamou para o êxito, mas isto não anula nossa incondicional dependência dele e esta declaração de dependência demora para ser redigida.
Li sobre a lição do bambu chinês. Depois de plantada a semente do bambu chinês, não se vê nada por aproximadamente 5 anos, exceto um lento desabrochar de um diminuto broto a partir do bulbo.
Durante 5 anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, mas... uma maciça e fibrosa estrutura de raiz que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída.
Então, no final do 5º ano, o bambu chinês cresce até atingir a altura de 25 metros.
Um escritor de nome Covey escreveu: "Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês. Você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e às vezes não vê nada por semanas, meses ou anos. Mas se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu 5.º ano chegará, e com ele virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava..."
O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos e de nossos sonhos... devemos sempre lembrar do bambu chinês para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão.
É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão.
Grandes realizações exigem dependência de Deus e perseverança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário